Criar aplicações nos dias atuais se tornou um verdadeiro desafio para os times de desenvolvimento. Diferentemente de como era feito há alguns anos, a popularização dos microsserviços e dos contêineres possibilitou que elas nascessem diretamente na nuvem, tornando-as mais rápidas do que nunca. Porém, a complexidade para as equipes de TI também aumentou, pela necessidade de garantir a segurança e manter esses softwares em execução. 

Agora, você deve estar se perguntando: mas como é possível gerenciar essas aplicações e garantir que elas rodem corretamente, mesmo na nuvem? E é aí que se aplica o orquestrador Kubernetes. 

O que é o Kubernetes?

O Kubernetes é um framework de cluster e orquestração de contêineres que gerencia os microsserviços, garantindo que suas instâncias executem a aplicação. Ele é muito utilizado por desenvolvedores que implantam serviços em nuvem, com o intuito de beneficiar um maior número de usuários. 

Ele garante um estado de funcionalidade da aplicação. Se uma instância falhar e cair, o Kubernetes iniciará automaticamente a execução de uma nova instância.  

Como o Kubernetes funciona?

O Kubernetes é uma plataforma de código aberto (open source), por isso, ele agrega a automatização em seus processos, evitando sua implantação de forma manual. Além disso, a vantagem de uma plataforma open source
é que não há custo de licença para sua utilização, mesmo em provadores
na nuvem este serviço não é cobrado, apenas pela alocação dos recursos computacionais. Logo, os times de desenvolvimento empacotam seu código em contêineres, e isolam aplicações, ou seja, é o processo de escalonamento das aplicações.  

Além de gerenciar o ciclo de vida de um aplicativo com seus microsserviços, ele realiza um trabalho de abstração das camadas de computação, rede e de armazenamento. Essa otimização do tempo de implantação permite que os times foquem na lógica de negócios na aplicação, permitindo o gerenciamento da disponibilidade.  

O Kubernetes pode ser executado de várias formas: em sistemas Linux, em VMs (Máquinas Virtuais) ou até mesmo em ambiente virtual, onde os clusters podem abranger hosts diretamente em nuvens públicas ou privadas (cloud).  

Benefícios da tecnologia dos contêineres 

Estamos falando até agora sobre a execução da arquitetura de microsserviços por meio do Kubernetes como orquestrador de contêineres, mas, o que são contêineres e de que forma eles funcionam? 

Contêineres são um conjunto de processos isolados com todas as suas dependências agrupados em um único pacote ou sistema operacional, cada um compartilhando o kernel desse sistema com os demais.  

Os benefícios das aplicações em contêineres, diferentemente da demora da inicialização das VMs, é que elas podem ser iniciadas imediatamente, garantindo uma alta produtividade e economia de recursos. Além disso, no caso dos microsserviços, eles são modulares: é possível dividir a aplicação em módulos, separando o banco de dados do front-end. Com a pulverização da aplicação, é possível o gerenciamento por diferentes equipes. 

Buscando trazer agilidade, os contêineres são muito práticos e se tornam ainda mais ágeis com a orquestração do Kubernetes, organizando-os em grupos chamados de “Pods”, que representam um conjunto de contêineres em execução no seu cluster.  

Quando os contêineres estão em escala com o Kubernetes, criam uma camada extra de abstração, facilitando o controle da carga de trabalho e fornecendo rede e armazenamento para seu funcionamento. Portanto, o Kubernetes é muito mais que um simples orquestrador: ele também diminui a necessidade de monitoramento. 

Principais vantagens do Kubernetes 

O Kubernetes permite que seja realizada uma orquestração dinâmica para o máximo aproveitamento do hardware. Implantando-os conforme necessário, é possível que os contêineres criem novos contêineres adicionais de forma transparente e automatizada à medida que ele percebe novos carregamentos da aplicação.  

É pelo Kubernetes ser um projeto de código aberto do Google que está se tornando uma das ferramentas padrões na nuvem, pois ele elimina a necessidade de gerenciar o ciclo de vida de um ou mais servidores.  

Podemos concluir que o Kubernetes traz as seguintes vantagens principais: 

  • Orquestrar contêineres em múltiplos hosts; 
  • Escalar rapidamente as aplicações em contêineres e outros recursos; 
  • Gerenciar e automatizar as implantações e atualizações das aplicações; 
  • Maximizar o aproveitamento do hardware, reduzindo os custos de recursos alocados, pois é possível dimensionar melhor suas máquinas que farão parte do cluster (sejam elas VMs ou máquinas físicas); 
  • Monitoramento de aplicações via métricas e logs de forma centralizada, pois uma tarefa pode necessitar que vários microsserviços sejam evoluidos; 
  • Gerenciar de forma declarativa, garantindo a execução das aplicações da maneira como foram implantadas; 
  • Verificar a integridade, a autorrecuperação, reinício, replicação e escalonamento automáticos. 

Como o Kubernetes ajuda na modernização das aplicações? 

O mercado está mudando cada vez mais rápido, exigindo que as empresas adotem a modernização de suas aplicações em modelos ágeis. Por isso, a implantação da arquitetura de microsserviços em suas aplicações é uma das soluções que diversos negócios já estão adotando. 

E para esse tipo de arquitetura, o mercado está dando preferência ao Kubernetes, o orquestrador de contêineres cujo modelo transmite mais segurança e facilidade para suas aplicações.  

Programmer’s possui experiência na implementação de microsserviços e uso de Kubernetes na modernização de aplicações. Através de competentes times técnicos, aliados ao direcionamento dado pelo cliente na modernização de suas unidades de negócio e aplicações, podemos em conjunto traçar um caminho para adotar essas ferramentas, construindo uma migração sustentável para estas plataformas.

Entre em contato com nossa equipe para conhecer nossas soluções personalizadas de agilidade.


Quer acelerar a transformação digital da sua empresa?_

Nós te ajudamos a prever tendências e alcançar objetivos futuros.

Telefone +55 (11) 3504-1100 Email contato@programmers.com.br                    Entre em contato