Por Carlos Eduardo Cardoso

Quando você usa as mesmas aplicações todos os dias, pode ser difícil avaliar objetivamente sua eficácia. Mesmo as equipes que trabalham com tecnologia de ponta têm suas reclamações. Enquanto isso, aqueles que utilizam sistemas legados geralmente desenvolvem saídas alternativas e dizem a si mesmos que está tudo bem.

No entanto, a manutenção desses sistemas pode consumir grande parte do orçamento anual de um CIO. A Deloitte descobriu que os CIOs geralmente são forçados a alocar 57% de seu orçamento para manutenção básica e, depois de outros custos, podem investir apenas 17% em inovação. Enquanto isso, essas aplicações complicadas também levam ao esgotamento dos colaboradores e à diminuição da satisfação do cliente, agravando impacto em seus resultados.

Neste artigo, descubra cinco sinais de alerta de que sua empresa depende de sistemas legados. Além disso, você encontrará os próximos passos importantes para modernizar os mesmos de forma econômica.

1- Orçamentos inflados

Muitas empresas veem suas despesas aumentarem à medida que lidam com sistemas que possuem códigos confusos e inúmeros bugs. Se a sua organização começar a gastar mais dinheiro fazendo menos, isso é um sinal claro de que as aplicações estão envelhecendo. Seu talento em tecnologia está gastando uma quantidade desproporcional de seu tempo e dos recursos da empresa para manter esses sistemas funcionando. Mais de 50% dos colaboradores acreditam que a tecnologia antiga prejudica sua produtividade, de acordo com uma pesquisa da ZenBusiness.

Falando em talento de TI, você pode experimentar um aumento na rotatividade devido a sistemas legados. Muitos na comunidade de tecnologia querem trabalhar com novas tecnologias e podem sentir que seu desenvolvimento de carreira é sufocado. À medida que mais colaboradores saem, sua empresa deve investir mais em recrutamento e integração, fazendo com que os orçamentos subam ainda mais.

2- Não conseguir se adaptar rapidamente

Os clientes e suas demandas mudam com frequência, e sua empresa precisa estar na melhor posição para se adaptar rapidamente. No entanto, sistemas legados podem diminuir sua capacidade de dinamizar com eficiência, permitindo que seus concorrentes preencham uma nova lacuna no mercado. Você pode não perceber quanta dívida técnica sua empresa acumulou até ver como os concorrentes são flexíveis e ágeis e, por outro lado, quanto tempo seus times levam para se adaptar.

Vejamos brevemente uma história de sucesso. Com medidas de lockdowns começando em todo o mundo no início de 2020, devido a pandemia da covid-19, a plataforma de licitação online da Bidsquare percebeu que precisava replicar a experiência de licitação presencial. Eles lançaram uma nova funcionalidade de transmissão ao vivo logo depois, permitindo que os colecionadores se sentissem de volta à sala de leilões. Essa empresa foi capaz de se adapatar rapidamente, liderando a modernização digital para o setor de leilões. Empresas que lidam com dívidas técnicas, no entanto, não conseguiram responder tão rapidamente às necessidades dos consumidores durante este período de lockdowns.

3- Reduções da reputação da marca

Em alguns casos, seus clientes já podem estar lhe dizendo que seus sistemas estão desatualizados… você simplesmente não está ouvindo ainda. Entre em contato com sua equipe de marketing ou gerente de mídia social para ver como os clientes atuais e potenciais discutem sua marca na Internet.

Alguns clientes não são sutis sobre seus sentimentos. Eles informarão que tiveram uma experiência ruim com um aplicativo específico ou acharam a versão de um concorrente mais fácil de usar. Outros, porém, podem estar fazendo uma mudança mais gradual de seus produtos e serviços. Esse tipo de cliente está atento aos disruptores em seu setor que oferecem uma experiência mais simplificada. É importante tomar nota disso e modernizar os sistemas necessários para acompanhar o mercado.

Com o tempo, sistemas legados prejudicam a reputação da marca. 90% dos consumidores indicaram em uma pesquisa que pulariam para um serviço diferente se tivessem problemas com tecnologias antigas. Essas pessoas se preocupam legitimamente com a segurança de suas informações privadas. Eles também não querem perder tempo em interfaces lentas.

4- Procurando soluções alternativas

Ao explorar as menções da marca nas mídias sociais, você também pode descobrir clientes compartilhando dicas uns com os outros para driblar os recursos mais caóticos de seus sistemas. Este é um sinal claro de que os clientes estão perdendo rapidamente a paciência com seus aplicativos. Esses sistemas estão causando problemas, e um concorrente pode resolver esses pontos problemáticos.

O mesmo vale para seus sistemas internos. Fique de olho nos colaboradores que têm maneiras complicadas de trabalhar em partes tediosas ou com bugs de suas aplicações. Embora seja admirável que tenham se adaptado, sem dúvida está afetando sua produtividade.

5- Tecnologia em Silo

Michael Valante, CTO da “Patologia Digital” da Dell Technologies, observou os departamentos médicos, em toda a América, adicionando mais tecnologia sem muita preocupação com a forma como esses sistemas se comunicarião. Ele identificou a tecnologia em silos como uma barreira central ao valor para muitas organizações do segmento de saúde durante a modernização.

À medida que os aplicativos digitais envelhecem, o impulso equivocado de muitas empresas é adicionar apenas mais sistemas que resolvam as deficiências. Departamentos podem até decidir fazer isso por conta própria para atender às suas necessidades específicas. Enquanto isso, pouco se pensa na integração desses sistemas. Isso leva a uma tecnologia em silos que é desorganizada e vulnerável a ameaças de segurança cibernética. Se você notou essa tendência em sua organização, é hora de resolver o problema fundamental: sistemas legados.

Como lidar com sistemas legados

Neste ponto, você pode ter identificado alguns sinais de alerta em suas aplicações. Depois de perceber e entender a situação, pode ser tentador descartar sistemas legados e começar do zero. No entanto, reconstruir uma aplicação do zero com tecnologia de ponta, pode levar anos para mostrar valor. Além disso, pode não ser necessário para o que sua empresa e clientes precisam. Considere melhorar seus sistemas legados por meio da modernização digital.

A Programmers oferece um processo de modernização, App Modernization, que ajuda você a ver resultados rapidamente e com frequência. Começamos identificando o valor de seus aplicativos legados. Em seguida, analisamos a tecnologia subjacente desses sistemas para entender quais barreiras podem estar impedindo você de obter o máximo deles. Depois, montamos uma estratégia que aborda de forma iterativa as oportunidades de modernização mais importantes. Essa abordagem permite que você veja resultados mensuráveis em ciclos de 90 dias.

Quer entender mais como nossa oferta, App Modernization, pode beneficiar sua empresa de maneira exclusiva? Agende uma reunião com nosso especialistas!

Carlos Eduardo Cardoso é gerente de operações da nossa atuação internacional tem uma vasta experiência no setor de desenvolvimento de software, liderando e motivando nossas equipes para o fornecimento de serviços de excelência e o cumprimento de metas colaborativas.

Quer acelerar a transformação digital da sua empresa?_

Nós te ajudamos a prever tendências e alcançar objetivos futuros.

Telefone +55 (11) 3504-1100 Email contato@programmers.com.br                    Entre em contato