O mercado está em constante evolução, e adaptar-se a essa realidade não é algo simples para a maioria das empresas. Trata-se de um cenário que exige, de seus executivos: inovação, processos que realmente façam sentido para a corporação e, principalmente, entrega de valor para o mercado, por meio de seus produtos e serviços.

Desenvolver um produto digital é uma maneira de construir essa vantagem competitiva, de forma a assegurar a sobrevivência do negócio ou facilitar processos. Afinal, uma aplicação digital consiste em um produto ou serviço desenvolvido a partir do uso da tecnologia, seja por meio de serviços especializados ou produtos empacotados, para atender uma demanda específica de clientes internos ou externos. Seus objetivos consistem em facilitar o dia a dia de seus usuários, gerar receita, aumentar a produtividade e, o principal, gerar valor a um grupo de pessoas e a organização. No entanto, o que muitos desconhecem é a complexidade que esse processo envolve. Saiba: criar aplicações digitais de forma realmente inovadora não é algo simples.

Muitas vezes, o cenário exige uma solução complexa, que atenda às necessidades com assertividade, e optar por escopos engessados e extremamente demorados não é o caminho para alcançar o sucesso. O processo precisa ser dinâmico, mantendo a evolução constante para a construção de uma solução de valor para o consumidor final. Todos esses elementos precisam ser aplicados de forma ágil, garantindo que a solução terá relevância para o seu usuário no momento do lançamento. 

Além disso, requer uma equipe preparada para tal desafio, com expertise para auxiliar o negócio na identificação de melhor oportunidade, viabilidade técnica, amadurecimento e priorização do backlog, a fim de garantir as entregas da aplicação.

Em resposta a essa necessidade, a Programmer’s desenvolveu uma metodologia exclusiva, o Programmer’s Agile Experience, que combina técnicas, ferramentas e metodologias ágeis, juntamente ao framework do Scrum, capaz de mapear e construir a trilha, alinhada aos objetivos do negócio. 

Programmer’s Agile Experience: principais benefícios e características

Assim como o desenvolvimento de um produto digital não é algo linear, o Programmer’s Agile Experience evolui de acordo com o feedback e as prioridades do cliente, permitindo a execução de projetos inovadores e ágeis, por meio de escopo flexível, implementação e Early ROI. 

Esse método auxilia as organizações a inovarem com agilidade, atuação cíclica e interativa, com objetivo de fazer, errar, aprender e aprimorar rapidamente. Assim como é comum no Scrum, conta com times multidisciplinares e dedicados, de acordo com a necessidade do negócio. 

Seus benefícios não se restringem ao desenvolvimento do produto, mas também à mudança para uma cultura ágil do time e à transparência da sua atuação, permitindo que a execução fique dentro dos ciclos curtos e com entregas recorrentes.

Resultando em aplicações digitais voltadas para a entrega rápida de valor para a empresa e seus usuários, e permitindo a escalabilidade da solução para acompanhar os eventos futuros do mercado.

Da ideação à realização

A fase inicial do Agile Experience consiste nas etapas de imersão, ideação e prototipagem, sendo este o momento de modelação do projeto para chegar ao backlog inicial. É importante ressaltar que o produto pode ser desenvolvido a partir de uma ideia de solução que o cliente já tenha, uma modernização de um sistema legado, ou de uma ideação direcionada para solucionar alguma necessidade de negócio.

Depois que a primeira parte é colocada em teste, partimos para as demais etapas do projeto. Entenda quais são e o papel de cada uma:

Programmer's Agile Experience. Na foto vemos um painel com várias anotações sobre o desenvolvimento de um produto digital e duas pessoas trabalhando nesse quadro.

Product Digital Roadmap

Esta etapa consiste em acompanhar o desenvolvimento e a evolução da solução. Trata-se do momento em que as features são priorizadas e orientadas à geração de valor do produto, as releases são planejadas e as tecnologias e arquiteturas definidas.

De forma mais detalhada, nesta fase da metodologia acontece o amadurecimento do backlog, em que são discutidas e avaliadas as especificidades do negócio para quebrar o desenvolvimento em pequenas partes, levando em consideração os níveis de prioridade do que pode gerar mais valor ao usuário e ao negócio e, assim, compreender o que priorizar no desenvolvimento. 

O principal benefício em implementar essa estratégia está em encurtar os prazos de entrega. Enquanto em um projeto convencional, no qual os processos são mais lentos e burocráticos, que poderia demorar cerca de um ano, ou até mais, um desenvolvimento feito em ciclos curtos proporciona entrega de funcionalidades em bem menos tempo. 

Outro ponto é avaliar a viabilidade técnica, por meio do mapeamento das necessidades do negócio e as ideias para o produto, para que seja possível desenhar uma arquitetura que sustente esse desenvolvimento, a fim de entregar uma solução digital robusta, escalável e útil. 

Para medir a real efetividade da aplicação digital, uma última etapa da fase consiste na medição de valor, que metrifica e monitora o sucesso do desenvolvimento. São acompanhados em cinco indicadores de desempenho, divididos em três grupos.

A primeira é a previsibilidade do processo, que tem um papel fundamental para medir a entrega de valor e auxiliar em tomadas de decisão para o produto e o negócio. Na segunda é medida a efetividade da aplicação, para identificar, de forma rápida, problemas que possam impactar a performance do time envolvido no desenvolvimento, sejam eles: a falta de clareza na priorização de tarefas, capacitação técnica, entre outros. Na terceira é avaliada a qualidade do trabalho produzido, focando no engajamento para compreender a percepção do principal elemento da cadeia de valor, ou seja, o usuário final. 

Agile Implementation

E, finalmente, temos a implementação, que é pautada pela total transparência e flexibilidade que o Agile Experience oferece ao produto digital, sendo responsável por garantir a interatividade necessária para o desenvolvimento de uma aplicação digital de sucesso. 

São realizadas sprits curtas (2 a 4 semanas de duração), com o objetivo de definir os focos nos itens de alto valor e maior complexidade para o negócio. Durante esses ciclos curtos, são realizados alinhamentos constantes para ajustar a rota e direcionar a implementação das features mais relevantes.

Nesta etapa destacamos, também, a prática de deliveries contínuos, que permite a entrega contínua de valor, feedback, melhorias e inovação. Para que seja possível monitorar a aceitação da solução e a readequação do planejado, a fim de garantir o êxito do produto. 

Time multidisciplinar 

O desenvolvimento de aplicações digitais que realmente impactem positivamente os negócios precisam de um time multidisciplinar com habilidades técnicas e interpessoais elevadas, e que atuem de forma colaborativa. 

No Programmer’s Agile Experience, engajamos os times ágeis, que podem ser compostos apenas por profissionais Programmer’s ou de forma mista, para que eles sejam envolvidos em todas as etapas de construção da solução, desde a ideação até o desenvolvimento. Confira as principais áreas e competências desta equipe: 

Time de desenvolvimento: são os responsáveis técnicos pelo desenvolvimento da aplicação, sendo suas principais áreas de atuação em Arquitetura de Soluções, Análise de Negócios, Programação (Desenvolvedor), UX e UI, Qualidade de Software (QA – Quality Assurance), Analytics, BI e Ciência de Dados;

Scrum Master: tem o papel de facilitar e mentorear a equipe, removendo possíveis impedimentos da aplicação efetiva da metodologia com sucesso;

Product Owner:  a atuação deste profissional é extremamente estratégica em todo o processo, pois ele define as prioridades e é o responsável por maximizar a entrega de valor do produto. É preferível que esse profissional faça parte do time do cliente, mas, em caso de impossibilidade, a Programmer’s dispõe dessa expertise também; 

Integration Manager: é indicado em casos que envolvem mais de um time de desenvolvimento para o mesmo produto (ou mesma solução). Trata-se do responsável pelo gerenciamento de código, automações de processos e publicação.

Acompanhamento em tempo real

Para que seja possível acompanhar, de maneira assertiva, a evolução do trabalho e a atuação do time, o Programmer’s Agile Experience dispõe de uma plataforma digital. Nesse ambiente é possível monitorar as métricas fundamentais e todo o histórico do projeto. 

Programmer’s Agile Experience em seu projeto

Se a sua empresa deseja alcançar o sucesso no desenvolvimento de produtos digitais, novas features ou modernização da aplicação, conte com o Programmer’s Agile Experience!

Essa metodologia é comprovadamente ágil e efetiva. Capaz de indicar caminhos de forma interativa e incremental, expondo ineficiências e possibilitando o alinhamento constante com os objetivos da empresa. Além de evoluir de acordo com o feedback do cliente, o Time to Market e priorizações internas, permitindo que as organizações inovem com agilidade.

O resultado? Produtos digitais com geração rápida de valor, escopo flexível de implementação e early ROI. Confira um caso de sucesso que utilizou do Programmer’s Agile Experience: Desenvolvimento do e-commerce EDP Smart com Agile Experience.

Entre em contato conosco e vivencie essa experiência na prática! Nosso time está preparado para ajudar o seu negócio a construir Aplicações Digitais de sucesso. 

Quer acelerar a transformação digital da sua empresa?_

Nós te ajudamos a prever tendências e alcançar objetivos futuros.

Telefone +55 (11) 3504-1100 Email contato@programmers.com.br                    Entre em contato